27 de abr de 2011

Música!

Mesmo Erro (Same Mistake- James Blunt)

Vi o mundo revirando em meus lençóis e, mais uma vez, não consigo dormir
Saio porta fora e subo a rua, Olho as estrelas sob os meus pés.
Relembro coisas certas que eu transformei em erradas e aqui vou eu.
Olá, olá! Não há lugar onde eu não possa ir.
Minha mente está confusa mas meu coração é forte. Consegue ver?
Perdi o rastro que me guiou, então assim continuo.

Assim, enviei alguns homens à luta, e um voltou no cair da noite,
Dizendo que vira meu inimigo. Disse que parecia comigo.
Então tomei as mágoas e aqui vou eu.

Não estou pedindo uma segunda chance,
Estou gritando com toda minha voz
Me dê razão mas não me dê escolha.
Senão eu vou cometer o mesmo erro outra vez.

E talvez um dia nós nos encontremos e talvez possamos conversar e não apenas falar
Não acredite nas promessas porque não há promessas que eu cumpra,
E meu reflexo me inquieta, assim aqui vou eu.

Não estou pedindo uma segunda chance,
Estou gritando com toda minha voz
Me dê razão mas não me dê escolha.
Se não eu vou cometer o mesmo erro.
Não estou pedindo uma segunda chance,
Estou gritando com toda minha voz
Me dê razão mas não me dê escolha.
Senão eu vou cometer o mesmo erro outra vez...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem-vindos ao Primeiros Erros!
Atenção: nem todos os textos, imagens e demais conteúdos do blog são de minha autoria. Para maiores informações, críticas ou sugestões, entre em contato através de comentários.


Solte o verbo! Comente!