24 de jul de 2011


E quantas vezes você já parou, e imaginou  como seria se você contasse a verdade? Quantas indiretas você já não deu, e ninguém se quer reparou, e se reparou você não teve coragem o suficiente pra dizer: sim, é pra você, esta musica é pra você, esse subnick é pra você, esta frase é pra você.
Por mais que tudo isso doa, prefiro sorrir, e fingir que estou bem, pra ver você feliz, com outra pessoa, e seguir meu caminho e deixar você ser livre pra fazer suas próprias escolhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem-vindos ao Primeiros Erros!
Atenção: nem todos os textos, imagens e demais conteúdos do blog são de minha autoria. Para maiores informações, críticas ou sugestões, entre em contato através de comentários.


Solte o verbo! Comente!