24 de out de 2012

Dica de Leitura + Resenha

Como falar sobre Martha Medeiros sem expressar a palavra 'incrível'? Curtam esta resenha sobre o seu livro de crônicas Trem-bala !

Sinopse:  "Trem-bala" reúne mais de uma centena de textos de Martha Medeiros. Neles, a autora reflete sobre o que querem as mulheres, sobre relacionamentos virtuais, o fim da paixão nos tempos modernos, seus escritores, livros e neuras preferidas, sobre a rivalidade de um bom beijo versus uma transa insossa, e muito mais.



Minha opinião:
A vida realmente se passa como um trem-bala, ágil, cheia de pressa, como cita a escritora na crônica que dá título a este livro. E como é bom apertar o 'pause' para degustar as palavras de Martha Medeiros no meio deste mundo tão perturbado, onde tudo acontece velozmente.
A gaúcha em questão possui um inigualável dom de falar intimamente com o seu leitor, com uma simplicidade que não impede ninguém (independentemente da sua idade, sexo, status ou qualquer outro fator irrelevante para a leitura) de entender e sentir-se incluído na conversa.
Felicíssima fiquei quando deparei-me com algumas das minhas crônicas favoritas da autora presentes neste livro. "O contrário do amor"  e "As razões que o amor desconhece" são as duas melhores crônicas que já li na vida, sem sombra de dúvidas ( não que outras tantas que também estão neste livro não mereçam ser citadas, mas ficaríamos aqui horas e mais horas citando-a incansavelmente).

"Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca."

As 260 páginas são lidas com tanta facilidade que nas últimas crônicas você, cheio de pesar, tenta tardar o inevitável fim do livro... Toda esta resenha resume-se a uma palavra: leia! Mais do que recomendado! 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem-vindos ao Primeiros Erros!
Atenção: nem todos os textos, imagens e demais conteúdos do blog são de minha autoria. Para maiores informações, críticas ou sugestões, entre em contato através de comentários.


Solte o verbo! Comente!