26 de mai de 2012

Registros de um instante qualquer...

Primeiramente, gostaria de agradecer os diversos comentários gentis e fofos 


25 de maio de 2012

Sexta à tarde. O vento outonal emaranhava meu cabelo enquanto eu jogava papo fora com uma amiga. Como de praxe, estávamos falando num tom alto (o que, para quem nos conhece, é algo bem habitual), quando um certo senhor desconhecido nos deteu, corrigindo-nos, já que tínhamos pronunciado uma palavra incorretamente, segundo o seu ponto de vista.
Porém ignoramos e prosseguimos o nosso caminho, intrigadas (e também indignadas, de certa forma) com tal atitude do anônimo. 
O fato passou despercebido já que nunca havíamos visto tal indivíduo e nem sabíamos quem era ele. Questionei-me durante um bom tempo e inúmeras vezes não encontrei a resposta para a pergunta: se ele realmente fosse tão inteligente quanto julgava-se, o que ele estava fazendo sentado num banco da praça no meio de uma tarde enquanto poderia estar lendo um livro ou então ensinando em uma instituição de ensino já que ele se classificava tão apto assim?
E quanto a pronuncia correta da tal palavra, o sentido da frase seria prejudicado com este pequeno deslise?
Quanto a escrita correta, ela é complexa, mas tão complexa que, posso apostar que, independentemente do seu nível de formação, você nunca será perfeito a ponto de nunca errar algo.
Penso que o maior erro que alguém possa cometer é se considerar melhor do que outra pessoa. A perfeição é platônica e inconcebível, portanto, rotular os demais como ignorantes não fará você ser melhor e confiar demais no seu taco, pode ser um enorme equívoco.
Ouço frases como "palavras não são nada perto de atitudes" e creio nesta expressão, porém, essas atitudes tornam-se descartáveis se utilizadas para algo que não trará benefício algum para a pluralidade.
Como dizem, não atire pedras se o seu teto também é de vidro.


5 comentários:

  1. Ótimo post! *.*

    bjs ~> imnanda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. amei, acho horrível quem quer ser melhor ou saber mais que os outros, acho que todo mundo está no mesmo nível...
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amei!Ótimo texto,quem me dera escrever tão bem como vc!
    Brigada por visitar!
    bj morangocom.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Não acho legal quando se acham melhor, mas também não acho legal julgar, nao podemos fazer com os outros o que nao queremos que façam conosco. Escreve muito bem, amei o post.
    beijo, Bruna!

    Estou seguindo, segue tb?
    http://escravasmoda.blogspot.com

    ResponderExcluir

Bem-vindos ao Primeiros Erros!
Atenção: nem todos os textos, imagens e demais conteúdos do blog são de minha autoria. Para maiores informações, críticas ou sugestões, entre em contato através de comentários.


Solte o verbo! Comente!