29 de jul de 2012

Registros de um instante qualquer...



29 julho de 2012

E eu cedi. Fiz questão de desligar o celular e ouvir qualquer música que propositalmente debulharia-me em lágrimas.
Murmúrios acusavam a sua ausência e lembranças recusavam-se a sair do meu juízo.
Debrucei-me sobre o peitoral da janela, contemplando o céu soturno. Peguei-me olhando o único narciso do jardim, enquanto a brisa gélida do fim de tarde desatava minha trança. Meus suspiros silentes embaçavam o vidro...
Amaldiçoei todos os veículos de cor idêntica ao seu e esperei, inutilmente, vê-lo pela estrada.
Pensei e repassei todas as falas pré planejadas para aquele momento e revi-lo alvejando minha janela com pedras, batendo à minha porta com um ramalhete qualquer.
Inúmeras vezes mirei o espelho, imaginando a sua imagem refletida ao lado da minha.
E acá permaneci, esperando em vão.

28 de jul de 2012

Que tal assistir?

Olá! Quem está a fim de assistir Efeito Borboleta??
Sinopse: Evan (Ashton Kutcher) é um jovem que luta para esquecer fatos de sua infância. Para tanto ele decide realizar uma regressão onde volta também fisicamente ao seu corpo de criança, tendo condições de alterar seu próprio passado. Porém ao tentar consertar seus antigos problemas ele termina por criar novos, já que toda mudança que realiza gera consequências em seu futuro.
E para você que já assistiu o primeiro filme da sequência, trago aqui Efeito Borboleta 2
Sinopse: Nick Larson (Eric Lively) está feliz da vida: a empresa em que trabalha vai muito bem e seu namoro com Julie (Erica Durance) parece perfeito. Porém tudo muda quando ele recebe um telefonema de seu supervisor, que exige sua presença exatamente no dia do aniversário de Julie. Devido a isto uma série de eventos acontece, resultando na morte de 3 pessoas, entre elas Julie. Um ano mais tarde Nick passa a ter estranhos surtos epilépticos, onde mantém a consciência mas tem a impressão de estar viajando no tempo. É quando ele resolve mudar o ocorrido em sua vida, evitando que a morte de Julie aconteça.
Fonte: aqui e aqui;
Achei a continuação bastante fraca, sem inovações, apelativa demais também. O primeiro filme é extremamente melhor;

25 de jul de 2012

Dica de Leitura + Resenha

Há cerca de um mês estou lendo meu primeiro livro francês, Madame Bovary , do autor Gustave Flaubert, que tal conhecê-la?



Sinopse

A personalidade literária de Flaubert, dotada de agudo senso crítico que o distanciou do exaltado gosto romântico da época, levou-o a tornar-se um dos maiores prosadores da França no século XIX. O romance "Madame Bovary" é a sua obra-prima. Baseado em fatos da vida real, o livro, que Flaubert levou cinco anos para escrever, causou forte impacto, a ponto de gerar o processo no qual o autor escapou de ser condenado à prisão, graças à habilidade da defesa, que transformou a acusação de imoralidade na proclamação das intenções morais e religiosas do autor. Nem moral, nem imoral, a narrativa é uma devastadora crítica das convenções burguesas do seu tempo.




Minha opinião:  * Cuidado: essa resenha contém Spoiler , isto é,  há revelações sobre o enredo do livro.

Esse é o primeiro livro que, apesar de ter sido obrigada a lê-lo, gostei. Gostei de verdade. Muitas pessoas acham maçante essas descrições demasiadas dos personagens do livro e os cenários, mas eu levo isso como uma lembrança do romantismo, mas, para você que ainda não teve a oportunidade de tirá-lo da estante, esqueça os preceitos românticos do final século XVIII. 

Gustave Flaubert cumpre o seu papel como realista com uma perfeição exemplar até então inexistente. Nada de moças idealizadas, heroínas inatingíveis. Madame Bovary é constituído de gente de carne e osso, pessoas reais que amam, traem, invejam e mentem. Românticos: não espere idealizações.  Emma é a imagem de uma mulher que enfrenta preconceitos em nome dos seus sonhos.


Para aqueles que ainda não o leram, seja por obrigação ou por puro prazer, adianto a história: Trata-se, como o próprio nome do livro diz, da trajetória de Emma (em algumas versões existe o 'abrasileiramento' para Ema). Emma é uma moça do interior, bem instruída, sabia tocar piano e adorava uma boa literatura. E é proveniente destas leituras o esteriótipo de amor que ela sempre buscou. Frustrada com o marido modesto, Ema aventura-se em busca de um amante que por ventura sacie sua sede de amor. Assim, conhece Rodolphe (traduzido como Rodolfo em algumas obras). Este é um homem rico, que já possuíra diversas concubinas. 
Emma,em meio à devaneios amorosos, planeja uma fuga, junto a Rodolphe. Ela compra diversas coisas para a tal viajem, porém, na última hora, seu amante envia uma carta abortando tais planos.
Após ler tais palavras, Emma entra em profunda depressão, até que Charles (ou Carlos, como preferir) resolve levá-la ao teatro, onde ela reencontra Leon, um antigo caso. Emma entrega-se em mais um romance adúltero e enquanto isso, afunda-se cada vez mais em dívidas.
Sob a ameça da venda de todos os bens dos Bovary para quitar tais contas, Emma envenenasse, dando o fim trágico a sua história. 
Charles descobre as traições da esposa e tempos depois morre de desgosto. Berthe, filha do casal, acaba ficando sob tutela de sua pobre tia, que manda-a trabalhar para seu próprio sustento.


Madame Bovary é um livro engenhoso, os personagens entrelaçam-se muito bem e aqui está um retrato da vida social burguesa, ocultada por tantos outros autores. Vale muito a pena cada página que é devorada. Em resumo: não deixem de ler!

24 de jul de 2012

Teenage Dream


O amor é uma chuva de verão.
Há aqueles que consideram fria, aqueles que julgam sossegada e também outros que acreditam que ela vem como um brisa num dia ensolarado.
Ah, o amor... traz o alivio imediato ou o silêncio permanente e assim como a chuva, é passageiro, efêmero.
Às vezes é calmo como uma garoa ou tempestuoso como um temporal; Acalma o coração e causa um turbilhão na mente.
Quando chuvisco, é calmo, tranquilo e cômodo. Essas são os amores talvez não duradouros, mas que certamente trazem paz à alma e harmonia à rotina.
Já o vendaval é profano, detentor de uma capacidade inigualável de concretizar os desejos mais ocultos e esotéricos. É aquele amor que mais do que arrancar suspiros, furta todo o seu oxigênio e enxurra suas veias de adrenalina. É uma intempérie, uma dança desenfreada sob um furação. O amor é o pacto de eterno indelével de um segundo.

23 de jul de 2012

Boa noite! Então, ganhei mais dois selinhos, ambos do blog Morango Aos Pedaços, blog este que é mais do que indicado. Em ambos os casos é necessário repassá-lo para 10 blogs, então vou presentear 10 pessoas com os dois, fica mais simples, não é?
Vamos às recordações?



1-Linkar o blog de quem ganhou ~> Morango aos Pedaços
2-Divulgar o selinho 
3-Colocar o selo no blog
4- Repassar para 10 blogs.

Blogs que eu repasso:

21 de jul de 2012

Que tal assistir?

Eu prometi fugir das dicas habituais, mas, desculpem, não consegui. Assisti esse filme há alguns dias, e sim, ele faz essa linha comédia romântica que me deixa boba desde sempre. Então, para aqueles que gostam do gênero, assistam Marido por Acaso .

Sinopse: A dra. Emma Lloyd (Uma Thurman) possui um programa de rádio de sucesso, onde dá conselhos sentimentais. Emma defende sempre o amor racional, apresentando suas teses em seu livro recém-lançado, "Amor Real". Um dia Sofia (Justina Machado), uma de suas ouvintes, liga para o programa e pede conselhos sobre o relacionamento com Patrick Sullivan (Jeffrey Dean Morgan), seu namorado. Emma defende que ela termine o namoro, conselho seguido por Sofia. Patrick ouve o programa pelo rádio e, a partir de então, passa a querer dar o troco em Emma. Para tanto ele conta com a ajuda de Ajay (Jeffrey Tedmori), seu vizinho adolescente, que consegue modificar os dados cadastrais de Emma. Ajay modifica os dados para que ela e Patrick sejam agora casados. A idéia não agrada nem um pouco a Emma, que está prestes a se casar com Richard Bratton (Colin Firth), seu editor.

20 de jul de 2012

 Para começar, quero desejar um Feliz Dia do Amigo para todos os lindos e lindas que estão lendo esse recado.

Sou uma apaixonada por propagandas, e tendo em vista o lixo visual que diariamente somos expostos, acredito que vocês precisam assistir esse comercial. Não querendo fazer propaganda para o jornal citado no vídeo, assistam mesmo assim, a mensagem é linda. 
Está esperando o quê? Aperte o play!

19 de jul de 2012

Boa noite! O post de hoje é super rápido. Vim comentar o selinho que a Nathy do blog Garota Petulante presenteou-me.
Own, que fofo né?

A única regra é repassar para 5 blogs.  (Obs: Todos os blogs que receberem o selinho tem que repassar a 5 blogs,avisar aos blogs que você escolheu e dizer de qual blog você recebeu o selinho).

Repassarei para os seguintes blogs: Candy RockGarota DelicadaPrincesa ImperfeitaNot So Sweet e A girl's life  

Espero que tenham gostado da resenha de ontem e aguardem o "Que tal assistir?" sábado, sem esquecer do "Aperte o play " de amanhã!

18 de jul de 2012

Dica de Leitura + Resenha

Fugindo aos romances padrões, trago para vocês um romance histórico, bem ao estilo 'teoria da conspiração'. Tive a oportunidade de lê-lo em fevereiro deste ano, porém ele não é tão jovem assim. Média 4,5 no Skoob, a indicação de hoje é A Papisa Joana, de Donna Woolfolk Cross.


*Há mais de uma edição desta obra, portanto, você poderá encontrá-la com outra capa e editora.



Sinopse

A autora reuniu, numa perfeita combinação, aspectos lendários com fatos históricos do qual resultou um romance sobre Joana de Ingelheim. Filha de um missionário inglês e de uma mãe saxónica, Joana, nascida a 814, sente-se frustrada pelas limitações impostas à sua vida pelo simples fato de ter nascido com o sexo errado. O seu irmão Mateus começou a ensiná-la a ler e escrever quando Joana contava apenas seis anos. Com a sua morte, Joana recorre a toda a sua astúcia e capacidade de ludibriar de modo a continuar a dar largas à sua paixão pelo saber. Mais tarde, Joana foge de casa para seguir os passos do seu irmão João, a caminho da escola religiosa na Catedral de Dorstadt, onde ela se torna a única presença e estudante feminina tolerada. É quando surge Gerald, e a vida de Joana muda ao aperceber-se de que o ama. No entanto, o seu amor é-lhe interditado pelas maquiavélicas manobras de Ritschild. Usando as roupas e identidade do irmão, depois deste ter sido chacinado durante um ataque normando, Joana foge e entra para o mosteiro de Fulda, onde ela se passa a denominar, depois de feitos os votos primordiais, João Anglicus. Trilhando o caminho de monge a padre num instante, enquanto apurava o seu conhecimento e técnicas de cura, Joana começa a traçar a sua rota direita a Roma, onde os seus dons lhe abrem caminho para se tornar confidente e físico curador dos dois papas. É nos meandros de várias intrigas políticas no meio eclesiástico que Joana, ela própria, ascende ao posto de pontífice máximo da Igreja Católica. A Papisa Joana resulta numa fabulosa e vívida recriação do período por nós conhecido como a "Idade das Trevas".



Minha opinião:

Como dizem, é difícil falar sobre um livro que se gosta. Mais do que gostar de 'A Papisa Joana', acredito que essa obra prima (que verdadeiramente merece este nome) foi capaz de expandir os meus pensamentos. 
O livro é resultado de intensas pesquisas realizadas pela autora, fato que surpreendeu a minha monotonia literária. Até então, nunca tinha lido um romance 'baseado em uma lenda', o máximo já visto por meus olhos e lidos por mim foram as obras de Dan Brown, mas, se você espera algo deste gênero, está aguardando em vão. A Papisa Joana supera qualquer teoria conspiratória, obra de ficção ou livros do gênero. A autora relata fielmente, em ordem cronológica, não só a vida e evolução da personagem principal, como as artimanhas e depravações religiosas presentes desde as mais baixas classes eclesiásticas como na cúpula do poder papal. 
Joana foi uma guerreira, agredida pelo pai desde muito nova, que tinha uma curiosidade gigantesca e uma vontade de aprender superior a qualquer garoto. Sofreu com o preconceito desde o princípio, já que o sexo feminino era desvalorizado na Idade Média (e ainda é, de certo modo), entretanto, tomou como seu o nome do irmão falecido, entrou em um mosteiro, tornou-se médico e chegou até o papado, isso sem antes conhecer Gerold, que tornou-se o seu grande e irrealizável amor.
O desfecho é surpreendente, a leitura é formidável, decorre com facilidade e as palavras prendem o leitor do início ao fim.
Tudo fará, desde o começo, você refletir sobre a sociedade, a imoralidade e o seu conceito sobre o que é certo ou errado. Proponho que todos pesquisem a lenda de Joana, certamente será enriquecedor. Mais do que aconselhável, 'A Papisa Joana' é um livro imprescindível. 
"Oportunidades estiveram à disposição para mulheres fortes o bastante para sonhar. 'Papisa Joana' é a história de uma dessas sonhadoras."

Há também a adaptação alemã do livro, transformada no filme de mesmo título da obra. Aqui está o trailer legendado:
(Mais informações aqui!)

17 de jul de 2012



"- Este é o Henry Jr.?
- Sim.
- Ele só fica olhando. É tão quietinho.
- É assim que queremos que ele seja.
- As águas paradas são as que têm maior profundidade.”

(Charles Bukowski)







Amanhã teremos uma mega resenha do livro 'A Papisa Joana'. Vai ser imperdível. Aguardo a sua presença!

16 de jul de 2012

Registros de um instante qualquer...


16 de julho de 2012

Por qual motivo criamos expectativas em cima de pessoas que sequer conhecemos plenamente?
Cada vez mais acredito na pré-disposição prévia das pessoas para decepcionar. Sabe, alguma alteração genética, desvio de conduta, falta de exemplo, chamem como quiser.
Prefiro dizer que existem indivíduos com um talento natural para desapontar. Há pessoas que nos encantam em 5 segundos e tornam o sonho em pesadelo em um estalar de dedos.
Nunca conferi confiabilidade à citação "às vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas... O tempo passa... e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais." Na realidade, penso que não devemos inspirar-nos e modelar um futuro com base em coisas tão instáveis. Esperamos muito dos outros e pouco de nós mesmos. Pessoas vem, pessoas vão. A vida tropeça, troca de instância e tudo muda, transforma, então, por que você ainda se apega a afirmações sonoras e alusões shakesperianas?
Levanta a cabeça. Assim como felicidades, amores vêm e vão. Cabe a você decidir se vai aproveitar ou não os frutos deixados. 



15 de jul de 2012


Heee, recebi mais uma tag, agora foi do blog Morango Aos Pedaços, nosso afiliado *-*


Regras:

- Escrever 11 coisas (aleatórias) sobre você.
- Responder as 11 perguntas que a pessoa mandou e criar 11 perguntas para as pessoas que você vai mandar.
- Escolher 11 pessoas para repassar este MEME e passar o link de seus respectivos blogs.
- Avise nos blogs de quem mandou.
- Não retorne este MEME para mim.
- Postar as regras.

Perguntas da Rebeca para mim:

1- Quando criou seu blog? Em março do ano passado.
2- Por que criou seu Blog? Sempre gostei de ler e escrever e gostaria de compartilhar essa minha visão de mundo e as coisas que eu gosto com os demais.
3- Qual foi o último selinho que você ganhou? Foi do blog Coisas de Meninas
4- Qual Layout do seu blog você mais gostou? Este atual, criado pela fofa da Bia
5- Qual é seu maior defeito? Ih, são tantos... Acho que sou muito 'mandona', haha
6- Qual  sua maior qualidade? Nunca sei responder esta questão... pergunte àqueles que me admiram (:
7- Chocolate Branco ou Preto? TODOS!
8- Se defina em uma palavra: Sonhos
9 - Que nota você dá para seu blog? Acredito que numa escala de 1 a 10, mereço 7
10- Que nota você dá para o meu Blog? Nota 9 para o Morango Aos Pedaços
11- Você prefere Facebook ou Twitter? Twitter ^^



11 coisas aleatórias sobre mim:


* Há muito tempo atrás (mas muito tempo mesmo), fiz ballet por um ano.
* Sempre quis criar vestidos de noiva (até descobrir que não desenho nada bem).
* Quando tinha 11 anos ganhei um concurso de cartões de natal (:
* Como podem perceber, adoro livros, e um dos meus sonhos é ter uma mega biblioteca particular.
* Gostaria de ter um trailer e sair por aí, sem destino, conhecendo todos os lugares possíveis e imagináveis.
* Já pensei em ser aeromoça, astronauta, professora...
* Adoro bala de goma e tudo que é doce ><
* Quanto ao meu gosto musical, sou bastante eclética. Vou de The Beatles até Ricky Martin.
* Sou gremista apesar de não ser apaixonada por futebol ou por qualquer outro esporte.
* Inimizades me perseguem. Digamos que eu tenha o dom de cultivar amigos exemples e inimigos melhores ainda.
* Sempre quis ter um pinguim de estimação, haha


Vamos às questões!
_ Tens animais de estimação?
_ Qual é a sua música favorita? por quê?
_ Preferia dia chuvoso ou ensolarado?
_ Praia, sítio ou floresta?
_ Qual foi a melhor viagem da sua vida?
_ Acredita em amor eterno?
_ Filme favorito?
_ Livro favorito?
_ Maior medo?
_ Já passeou de avião, trem ou balão?
_ Gosta/acompanha o Primeiros Erros? De 1 a 5, que nota você daria ao blog?


Repassarei esta tag para os seguintes blogs:
Not So Sweet
Estilo da Lola
Garota Delicada
Princesa Imperfeita
Chiclete Violeta
Vida da Thais
Chaleira de Londres
Garota Petulante

Bom, não tenho os 11 blogs para repassar, portanto, caso tenha esquecido de alguém ou não tenha citado, fique a vontade para responder e repassar.


Beijos!



14 de jul de 2012

Que tal assistir?

E o frio contagia todo o sul do Brasil. Caso vocês não saibam, a gaúcha aqui está praticamente congelando! Nada melhor do que um filme para assistir debaixo de diversos edredons e chocolate quente, não é?
Muitos já assistiram essa obra prima, mas o conselho é sempre bem visto. Que tal assistir 'P.S. Eu Te Amo' ?
 Sinopse: Holly Kennedy (Hilary Swank) é casada com Gerry (Gerard Butler), um irlandês engraçado por quem é completamente apaixonada. Porém quando Gerry morre devido a uma doença a vida de Holly também acaba, já que ela entra em profunda depressão. Mas o que ela não esperava era que, imaginando que isto poderia acontecer, Gerry deixou para ela diversas cartas antes de morrer. Cada uma delas busca guiar Holly no caminho de sua recuperação, não apenas da dor pela sua perda mas também de sua própria redescoberta. Mais informações: aqui!

13 de jul de 2012

Quem tem medo da sexta-feira treze? haha
Entrando neste contexto, trago o clipe que revolucionou a história da música. Quem aqui curte o eterno rei do pop? Aperte o play! para ouvir Thriller (:

12 de jul de 2012


Vou responder a tag que recebi do Chaleira de Londres, que é o nosso mais novo parisiense por aqui *-*

#1- Sou muito - Autoritária e sonhadora
#2- Não suporto - Narcisismo
#3- Eu nunca  - Voei de balão :/
#4- Eu já - Sonhei em ser bailarina 
#5- Quando criança - Eu queria ser astronauta, hehe
#6- Neste exato momento - Eu estou respondendo isso, ora pois!
#7- Eu adoro - Meus amigos 
#8- Eu sempre - Sonho alto, alto até demais
#9- Se pudesse - Conheceria Paris, agora mesmo
#10- Fico feliz - Quando ganho livros de presente 
#11- Se pudesse voltar no tempo - Não teria depositado tanta confiança em pessoas erradas
#12- Adoro assistir - Bob Esponja e filmes
#13- Eu preciso de - Uma passagem para qualquer lugar, com tudo pago
#14- Eu odeio pessoas - Preconceituosas
#15- Eu amo - A vida como um todo
#16- Se eu pudesse - Diria tudo que nunca tive coragem de dizer...




E aí? Gostaram da dica/resenha de ontem? Anna e o Beijos Francês é super fofo, não é?
Como vocês sabem, amanhã é sexta-feira treze e nós temos um 'Aperte o play' super temático, hehe 
E se liguem no 'Que tal assistir?' de sábado que trás para vocês um filmaço (e sim, vocês poderão vê-lo aqui, no Primeiros Erros, através do Youtube).Por hoje é isso, e, se eu fosse você, não perderia por nada os novos posts do Primeiros Erros!
Beijos!

11 de jul de 2012

Dica de Leitura + Resenha

A dica desta semana está um tanto desatualizada, já que faz um ano que li este livro, todavia, para os fãs  de romances, Anna e o Beijo Francês é tão romântico quanto a capital da França, cenário principal da trama.



Sinopse


Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?

(para ser sincera, odiei este book trailer)

Minha opinião:

Anna e o Beijo Francês é um daqueles romances que você teima em largar. Diversos blogueiros elegeram-no o melhor livro de 2011. Acredito que não chega a este ponto, mas o romance de Stephanie Perkins é bastante envolvente, ainda que possua inúmeros erros de tradução.  Apesar de ser cativante, tem um quê de livro para adolescente que não é largado em momento algum. Chega ser cândido de tão fofo que é o relacionamento deles. A capa desde o início atraiu minha atenção. Admiradora de Paris, não pude deixar de ter este livro na minha estante, mas é um livro, não me levem a mal, um tanto fraco. O contexto é lindo, porém muito clichê. A linguagem é simples, sem muitos rodeios. É um livro leve, de leitura fácil e nem um pouco massante, qualidades, que na minha opinião, são muito importantes. Está aqui um livro que tem tudo para ser transformado em filme e arrebatar o coração das donzelas. Se você também curte Paris e espera um príncipe, este é o seu livro, sem dúvida alguma.  (Mais informações: http://www.skoob.com.br/livro/171541)

10 de jul de 2012

Teenage Dream

Viver é a imensidão de gotas do oceano potencializado pelo número de estrelas do céu.
Viver é enlaçar-se com o acaso. Descobrir que o destino é uma borboleta que pousa no dedo dos merecedores. Descortinar a sorte e ver que ela é um nome aleatório que designa a impotência pessoal de muitos.
Viver é eternizar, revelar-se estrela de brilho próprio. Irreverenciar. Inovar. Quebrar padrões e dizer não a tudo que aprisiona, concreta.
É perceber que nada é fixo, permanente, imutável.
A vida é isso, esse imenso palco que espera por você, o astro principal desta peça.
"A vida é o maior espetáculo da Terra."

9 de jul de 2012

Recebi mais uma recordação *-*
Sim, o blog está ficando cada vez mais badalado e parte desta popularidade deve-se a querida da Jú do blog Coisas de Meninas e é do blog dela o selinho que ganhei!

(fofo, né?)

  • Regras:



1. Só quem recebeu o selinho de outro blog pode postá-lo
2. Se você for postar o selinho, poste também essas 5 regras
3. Repasse para 8 blogs e avise-os
4. Blog de origem: www.blogassuntodegarota.blogspot.com (<-- coloque linkado)
5. Dizer quem mandou o selinho: Coisas de Meninas


  • 8 blogs que eu vou repassar:
 Glamour Tech (querida, a Tami é uma linda, super atenciosa e criou o link-me do Primeiros Erros)
 Brilhant's (o título do blog já diz tudo! O blog tem tutoriais incríveis :) )
 Girls Online (O Girls Online é administrado pela Raquel, que é fofa demais  e o lay do blog é super atual e bonito*-*)
 Morango Aos Pedaços (preciso salientar a felicidade extrema que senti quando a Rebeca aceitou-me como afiliada do blog, que é muito lindo e popular)
Princesa Imperfeita (a Lili, super querida que sempre visita o blog ) 
Meu Jardim Secreto (acompanho o blog da Poli desde o início e ela merece todo o sucesso que teve/tem/ e com certeza terá mais ainda)
Bubbles Candy (não poderia deixar de citar a Bia, que criou o atual layout do Primeiros Erros *-*) 
 Meu Mundo Pepper (encontrei na Helena a beatlemaníaca que sempre quis ser *-* ela é a maior devota dos meninos de Liverpool que tive o prazer de conhecer)

8 de jul de 2012

"– Triste distração em que não se acha a felicidade...
– Mas por acaso consegue a gente achar a felicidade?
– Sim, há lá um dia que topamos com ela. Um dia, assim de repente, quando já desesperávamos  de encontrá-la. Abrem-se então os horizontes, e é como se uma voz brandasse: " Ei-la!". Sente-se uma necessidade de fazer-se a pessoa confidência da própria vida, de se lhe oferecer tudo, de tudo sacrificar por ela. Não a explicamos, adivinhamo-la. Entrevemo-la em nossos sonhos. – E ele tinha os olhos na moça. –  Enfim, aí está o tesouro que tanto procurávamos, aí, diante de nós, brilhando, resplendente. Mas duvidamos ainda, não nos atrevemos a acreditar, fazendo-nos ofuscados, como se viéssemos das trevas para a luz."


(Gustave Flaubert- Madame Bovary)

7 de jul de 2012

Que tal assistir?

Não há como começar o "Que tal assistir?" dessa semana sem falar no tão aguardado lançamento. Refiro-me ao filme O Espetacular Homem-Aranha que estreou neste dia 6. Que tal assistir?

(Detalhe: este é o trailer 2, dentre os diversos lançados)
Sinopse:
Peter Parker (Andrew Garfield) é um rapaz tímido e estudioso, que inicou há pouco tempo um namoro com a bela Gwen Stacy (Emma Stone), sua colega de colégio. Ele vive com os tios, May (Sally Field) e Ben (Martin Sheen), desde que foi deixado pelos pais, Richard (Campbell Scott) e Mary (Embeth Davidtz). Certo dia, o jovem encontra uma misteriosa maleta que pertenceu a seu pai. O artefato faz com que visite o laboratório do dr. Curt Connors (Rhys Ifans) na Oscorp. Parker está em busca de respostas sobre o que aconteceu com os pais, só que acaba entrando em rota de colisão com o perigoso alter-ego de Connors, o vilão Lagarto.
O filme marca a estreia de Marc Webb em filmes de alto orçamento. O diretor ficou conhecido pela comédia romântica independente (500) Dias Com Ela. Denis Leary, Irrfan Khan e C. Thomas Howell completam o elenco, que conta ainda com pequena participação de Stan Lee, criador do Homem-Aranha nas revistas em quadrinhos.
(Mais informações aqui;)
Bem, decepcionei-me com o fato do ator Tobey Maguire não atuar neste lançamento da franquia. Homem Aranha era ' a cara' do Tobey. Ainda não assisti o filme, mas espero que a série não tenha perdido com esta falta lastimável. Admiro o Andrew Garfield, mas Tobey Maguire será, eternamente, o Homem Aranha de milhares de fãs, como eu.Se você assistiu ou está louco (a) para ver, comente! Bom sábado!

6 de jul de 2012

Música tema dos filmes "Imagine eu e você" e "10 coisas que eu odeio em você", aperte o play! para escutar The Weakness In Me :)
"Não sou o tipo de pessoa que se apaixona e desapaixona de repente, mas para você dei minha afeição desde o início. Tenho um amor que me ama. Como posso ferir um coração assim? Mas é para você que dou minha atenção. Por que você veio? Quando sabe que já estou transtornado... Por que me telefona? Quando sabe que não posso atender? Você me faz querer e eu não quero, então arrume outra pessoa para fazer de tolo..."

5 de jul de 2012




"A respiração arquejante do moribundo. O pecado e o perdão do pecado. É tudo pare da colcha-de-retalhos da poesia [...] A vida não passa de um poema épico sem fim."

( A Conspiração Franciscana- pág 124)



70 seguidores!Obrigada galera!

4 de jul de 2012

Dica de Leitura + Resenha

Como prometido — e fugindo um pouco dos conselhos costumeiros—  gostaria de falar sobre o livro que acabei de ler. Apesar de não se tratar de um lançamento, vale a recomendação. Quem já leu Doidas e Santas, da Martha Medeiros?

Sinopse 

Martha Medeiros, poeta, cronista, romancista, conquistou o Brasil com seus textos, publicados em jornais de repercussão nacional, sites e livros que se transformaram em best-sellers.
Doidas e Santas reúne cem crônicas que falam direto ao coração de suas leitoras e seus leitores. Nelas, Martha expõe os anseios de sua geração e de sua época, tornando-se uma das vozes mais importantes entre as recentemente surgidas no cenário nacional. As alegrias e as desilusões, os dramas e as delícias da vida adulta, as neuroses da vida urbana, o prazer que se esconde no dia-a-dia, o poder transformador do afeto, os mistérios da maternidade, enfim, o cotidiano de cada um de nós tornou-se o principal tema da autora. Como toda grande artista, ela consuma o sortilégio da literatura: traduzir e expressar o que vai na alma de sua enorme legião de admiradores.
Dona de uma sensibilidade incomum, Martha Medeiros tem para tudo um olhar, uma reflexão e uma reação fresca, nova, de alguém que pela primeira vez se depara com o inesperado, seja o assunto o Dia dos Namorados, a decisão de se começar a fumar, um sentimento de desconforto por qualquer coisa, uma paranóia que se imiscui sub-repticiamente ou um amor que acaba. Sempre terna e indignada, amantíssima da cultura contemporânea e dona de um imbatível senso de humor, em suas crônicas – assim como em sua poesia – Martha torna, para todos nós e com muita destreza, mais palatável o imponderável da vida.


Minha opinião:
Quem acompanha o blog já conhece a minha admiração pela Martha Medeiros, portanto, falar sobre ela é, como dizem, chover no molhado. Já a conheço de longa data, lendo suas crônicas tanto na internet quanto em revistas e jornais, mas, de fato, esta é a primeira obra dela que leio. 
Como a sinopse diz, Martha é dona de uma sensibilidade incomum, e isso pode ser confirmado com o decorrer das páginas, que fluem de uma maneira tão rápida que você só se dá conta que acabou o livro  quando solta o fôlego pela última vez.
O título é intrigante e a capa acompanha este espírito. Entre as crônicas deste livro, destaco a que nomeou-o: "Doidas e Santas" e aqui vai um trecho para que vocês possam compreender o quê afirmo: 
"Eu só conheço mulher louca.

Pense em qualquer uma que você conhece e me diga se ela não tem ao menos três dessas qualificações:
exagerada, dramática, verborrágica, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante.
Pois então. Também é louca. E fascina a todos."
Doidas e Santas é uma leitura leve, fácil. As crônicas, geralmente, possuem duas páginas que voam tão agilmente que nem percebe-se o tempo passar.
Mas como nem tudo são rosas, o livro perdeu um pouco na questão dos temas. São diversificados, cotidianos, entretanto, repetiu-se algumas vezes durante o livro. Para quem gosta de crônicas, Martha Medeiros é sempre bem vinda, bem vista e contagiosamente feliz.

3 de jul de 2012




O aviso de hoje é beeem rápido! Troquei o endereço do tumblr, portanto, caso você quiser acessá-lo (se é que existe alguém que lê ele...) o novo url é este aqui: http://outonoemparis.tumblr.com/ Outono em Paris, pois, para mim, o outono é a estação mais linda do ano e Paris, porque, Paris é simplesmente Paris, haha
Amanhã teremos uma resenha sobre o livro Doidas e Santas da Martha Medeiros, então não percam!!
Boa noite