20 de set de 2012

Dica de Leitura + Resenha

Bom dia, meus anjos! Devo pedir desculpas pela demora em escrever esta resenha, mas acá estamos! Já postei aqui no " Que tal assistir?" o trailer do filme Água Para Elefantes e agora teremos a resenha do livro do qual o filme foi baseado. Quer conferir?

Sinopse 

Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solícitas e fantasmas do passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora.
Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e acaba pulando em um trem em movimento - o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra.
Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais.
É também sob as lonas dos Irmãos Benzini que Jacob vai se apaixonar duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August, e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo.
"Água para Elefantes" é tão envolvente que seus personagens continuam vivos muito depois de termos virado a última página. Sara Gruen nos transporta a um mundo misterioso e encantador, construído com tamanha riqueza de detalhes que é quase possível respirar sua atmosfera.


Minha opinião:

Sara Gruen foi felicíssima no quesito escolha de tema. Até então, nunca tinha lido e sequer ouvido falar  um livro com a temática circense. O que me encantou, e muito. 
A história começa a ser contada por Jacob Jankowski  'de trás pra frente', ou seja, nos seus momentos finais de vida, Jacob vê o circo chegar a sua cidade e começa a relembrar as suas tragédias pessoais e a vida sob uma tenda. E que vida dura, em? Através desta obra, pode-se observar o cotidiano de diversos artistas e trabalhadores de um circo e a luta do Irmãos Benzini para sobreviver à depressão econômica que se instalou nos Estados Unidos na década de 1930.
Jacob, estudante de medicina veterinária, perde seus pais num acidente e resolve abandonar tudo. Sua futura carreira,  a casa da família (que estava hipotecada, dinheiro este que serviu para auxiliar nos estudos do rapaz), uma, quem sabe, futura namorada e sai vagando pelos trilhos do trem, até avistar um locomotiva e, por que não?, pular para dentro dela. A partir deste momento observamos o desenrolar da história que tem direito a uma tradução bem feita, que, porém, preservou a maioria dos palavrões e não amenizou nenhuma cena quente. Assim que o rapaz vê Marlena, esposa August, apaixona-se perdidamente e desde então, ambos vivem um amor irracional em meio ao medo de serem descobertos pelo vilão da história. Mesclado a tudo isso, vemos como Rosie, a elefanta, chega ao circo e desempenha um papel fundamental para o final feliz deste romance.
Entrelaçando as recordações do velho Jacob, temos o seu dia-a-dia numa casa para idosos e todos os seus esforços para manter sua memória o quanto menos intacta. 
É um livro emocionante. Você respira o drama do início ao fim, e que fim! Cheio de reviravoltas, merece ser lido. Porém, assisti o filme primeiro e penso que ele (não me crucifiquem!) seja um tanto melhor que o livro, principalmente no quesito linguagem. Acredito que poderiam ter nos poupado de algumas obscenidades desnecessárias. Mas merece um 8 numa escala de 10; É perfeito para quem, como eu, gosta de circo e de um bom romance dramático, bem estruturado. 
Por fim, como a autora mesma diz,  A vida é o maior espetáculo da Terra"



Mais informações: aqui;

14 comentários:

  1. Curi muito a resenha! Ha Flor, desculpe se não estou sendo uma boa afiliada, prometo melhorar! (isso se vc já não me tirou da elite, mas okay...)
    Ha, Feliz dia do Gaúcho!

    http://girlsonlineoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Deve ser ótimo o livro!
    Assisti ao filme e adorei, mas o livro deve ser muito mais emocionante!

    beijoos e ótima quinta

    ResponderExcluir
  3. amr, obrigadinha pelo comentário em meu blog ! ^^
    nossa , deve ser bem legal esse livro *u*
    queria saber se você aceita parceria? ><'

    ResponderExcluir
  4. Nossa, seu blog também é muito lindo!! Obrigado pela visita, e realmente é verdade que escrever é uma ótima saída daquelas coisas que te deixam pra baixo >.<

    Beeeijoos, Giih
    Chocolate com Canela

    ResponderExcluir
  5. Amei a resenha,sou louca pra ler esse livro e ver o filme.
    vou ver se compro ele
    beijos

    ResponderExcluir
  6. eu tenho vontade de ler esse livro, mas não é uma coisa louca. Mas sua resenha me despertou muita vontade *O*
    Flor, já percebi que você gosta de ler, e que tem skoob ahhahaa >< qual seu username lá?
    xoxo, vickie♥
    ~~>Chiclete Violeta

    ResponderExcluir
  7. Hahaha eu amei esse livro eu li a edição com capa do filme e realmente e perfeito beijos ! Também achei que não precisavamos ficar por dentro das sacanagens kkkkk ! tem resenha no blog se quiser conferir !

    euvivolendo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme chega a ser melhor do que o livro, haha
      E também li a versão com a capa pós-filme, mas prefiro essa.
      Obrigada por comentar;

      Excluir

Bem-vindos ao Primeiros Erros!
Atenção: nem todos os textos, imagens e demais conteúdos do blog são de minha autoria. Para maiores informações, críticas ou sugestões, entre em contato através de comentários.


Solte o verbo! Comente!