1 de set de 2012

Que tal assistir?

Bem-vindo, setembro! Depois de um agosto tão longo, porém extremamente bom, temos este nono mês que começa hoje e já invade o cotidiano com suas flores. 
Falando em coisas boas, aqui está uma dica que envolve três coisas realmente maravilhosas: França, vinho e amor. Que tal assistir "Um Bom Ano" ?

Sinopse:

Aos 11 anos, Max Skinner (Freddie Highmore) é cuidadosamente educado na arte de saborear vinhos por seu tio Henry (Albert Finney), dono de um vinhedo na França. Adulto, Max (Russell Crowe) torna-se um bem-sucedido homem de negócios em Londres, sem qualquer tempo para degustações mais duradouras. Certo dia Max recebe a notícia de que Henry morreu, deixando-o como único herdeiro. Prevendo bons negócios, resolve fazer uma rápida viagem para visitar a nova propriedade. Mas, uma vez ali, percebe que não será tão fácil vender o lugar que lhe traz tantas lembranças de infância.
 Mais informações e detalhes: aqui;

8 comentários:

  1. Já assisti esse filme,é muito bom *-*
    Bjs
    entretenimentoonline(.blogspot.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme é bom mesmo, vale a pena assisti-lo :)

      Excluir
  2. AMO' assistir filme >.< pra falar a verdade eu passo a maior parte do tempo vendo filme, e esse eu não conhecia Oo porem adorei a dica já to indo assistir :D Beeeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista, tenho certeza que não se decepcionarás :)

      Excluir
  3. Ótima indicação! Não conhecia esse filme, mas me parece ser muito bom mesmo pela sinopse, além disso, a palavra França no começo do post já fez me interessar pelo filme rs

    Beijos :3
    quinzedilemas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. França, como não amá-la? haha
      Obrigada por comentar *-*

      Excluir
  4. Vou assistir :)
    beijos e ótima semana

    http://vivere-sognare.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Bem-vindos ao Primeiros Erros!
Atenção: nem todos os textos, imagens e demais conteúdos do blog são de minha autoria. Para maiores informações, críticas ou sugestões, entre em contato através de comentários.


Solte o verbo! Comente!