20 de fev de 2012


Ela tem um ar misterioso, não é como as outras meninas. É quieta, isolada. Vive em frente ao computador, onde diz que ali habitam seus melhores amigos. Não gosta de se sentir sozinha. Fala pouco. Se tranca no quarto e ali passa horas e horas lendo seus romance, no qual ela sonha um dia viver. É apaixonada e acredita em conto de fadas. Ama todos, se ilude fácil. Ajuda sempre quem precisa, tem um grande coração e nunca diz não. É uma boa menina. Tão boa, que alguns chegam a abusar de sua bondade. Tem defeitos, assim como todos os humanos.  Tem manina de esconder sua dor através de um sorriso. Um sorriso que costumava a sair de modo espontâneo.”  {} 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem-vindos ao Primeiros Erros!
Atenção: nem todos os textos, imagens e demais conteúdos do blog são de minha autoria. Para maiores informações, críticas ou sugestões, entre em contato através de comentários.


Solte o verbo! Comente!