25 de fev de 2012

 


“Eu posso não saber nada de amor. Eu posso não saber como trazer seu amado em três dias. Eu até posso não ter conhecimento de algum assunto que você queira discutir comigo.
Eu posso não saber nada de santos, de preces, de milagres. Eu posso não ser santa (e quem disse que um dia eu quis ser?)
Mas se tem uma coisa que eu sei, é quem me faz bem. Eu sei quem me acrescenta, quem me torna uma pessoa melhor a cada sorriso, a cada carinho partilhado, a cada palavra. Esses, ah! Eu sinto de longe.
Deve ser porque a nossa essência se comunica. Sem que palavra alguma precise ser dita.”

(Bibiana Benites)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem-vindos ao Primeiros Erros!
Atenção: nem todos os textos, imagens e demais conteúdos do blog são de minha autoria. Para maiores informações, críticas ou sugestões, entre em contato através de comentários.


Solte o verbo! Comente!