14 de fev de 2012

Teenage Dream


E tudo com você é assim, um perpétuo paradoxo. Por incrível que pareça, você me arranca sorrisos inesperados em um minuto e segundos depois me tira do sério. Despertou em mim sensações singulares, sabe, aquelas que ficam inertes durante vários anos em algum lugar obscuro de minha mente e de repente surgem como um tsunami, inundando todo aquele sentimento de segurança, aquela pose de forte e incansável. Porque o amor é isso, é esquecer de si mesmo, debulhar-se em lágrimas sem motivo compreensível, perder palavras, ser nocauteado por uma série de borboletas em seu estômago,  cometer loucuras antes jamais imaginadas e perder o controle, perder seu total controle...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem-vindos ao Primeiros Erros!
Atenção: nem todos os textos, imagens e demais conteúdos do blog são de minha autoria. Para maiores informações, críticas ou sugestões, entre em contato através de comentários.


Solte o verbo! Comente!