2 de jul de 2012

"Aguardo alguns instantes, prestando
atenção às badaladas do La Marangona, o mais antigo dos sinos de San
Marco, aquele cujo toque solene e grave marcou, durante 15 séculos, o
início e o fim do dia de trabalho dos artesãos venezianos. Houve um
tempo em que o sino alertava sobre a aproximação de um inimigo, saudava
um rei em visita e anunciava a morte de um doge. Alguns dizem
que ele dobra de acordo com sua própria vontade e que, se alguém chega
a Veneza quando estão soando suas grandiosas e nobres badaladas, isso
é sinal de que essa pessoa tem uma alma veneziana, de que o velho sino
se lembra dela de alguma outra ocasião."

Mil Dias em Veneza  {pág 11}

4 comentários:

  1. amei, ai me deu vontade d e ler esse livro que lindo :)
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem romântico mesmo >.<
      Leia a sinopse e a resenha aqui: http://diasperfeitosparasempre.blogspot.com.br/2012/06/dica-de-leitura_27.html
      Beijos;

      Excluir
  2. Aaah eu li ele, é lindo *-*
    Romântico e fofo, do jeito que eu gosto!
    Beijinhos
    http://ins--piracoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é bem fofo mesmo *-*
      Pretendo ler a continuação também...
      Obrigada pela visita :)

      Excluir

Bem-vindos ao Primeiros Erros!
Atenção: nem todos os textos, imagens e demais conteúdos do blog são de minha autoria. Para maiores informações, críticas ou sugestões, entre em contato através de comentários.


Solte o verbo! Comente!